banner do site

Você está aqui: Inicio / RGPH4

RGPH
Censos Populacionais 1991 e 2009
Inqueritos

Quarto RGPH da Guiné-Bissau Novidades

Devido à falta de recursos o IV.º Censo populacional teve atraso de um ano, era para ter lugar 2019, e também hoje devido a pandemia da COVID-19, seguindo as orientações do Ministério da Saúde, o Censo Demográfico, não foi possível no ano de 2020, por isso foi adiado para uma data a confirmar. Normalmente a operação de costume começa com a aprovação dum decreto-lei, que já foi aprovado no Conselho de Ministros e neste momento está na Presidência da República para sua promulgação.

Uma operação estatística com a dimensão dos Censos exige uma programação detalhada das suas várias fases, desde a conceção à avaliação final, a qual deve necessariamente incluir a definição tão rigorosa quanto possível das responsabilidades das várias entidades envolvidas e dos recursos a mobilizar, humanos e financeiros.

A exaustividade da recolha e do tratamento dos dados dos Censos conferem a esta operação um papel único no conhecimento do parque habitacional e da realidade demográfica, social e económica do país, a nível nacional, regional e local.

O IV.º Censos exigirá o recrutamento temporário de milhares de pessoas, em especial de recenseadores, bem como a colaboração de trabalhadores nas regiões, justificando-se o estabelecimento de mecanismos legais de caráter excecional que permitam a indispensável flexibilidade na sua contratação.

O IV.º Censo realizará em todo o território nacional e abrangem a totalidade da população, dos alojamentos destinados à habitação e dos edifícios que contenham, pelo menos, uma habitação ou alojamento.

Os Objetivos do Censo claro que é recolha, o apuramento, a análise e a divulgação de dados estatísticos oficiais referentes às características demográficas e socioeconómicas da população e do parque habitacional, também vai permiti a constituição de uma base de informação de referência para a seleção e extração de amostras, para suporte aos inquéritos a realizar no quadro do sistema de informação estatística sobre as famílias e os indivíduos.

O IV.º Censo vai ser particular ou seja o INE vai procurar a inovação e modernização do processo de inquérito, através da intensificação do uso de tecnologias de informação na recolha e tratamento dos dados que já não é uma novidade porque já a muitos anos o INE utiliza os tablets, com isso pretende-se melhorar a eficiência dos processos, minimizando o impacto orçamental destas operações sem, contudo, colocar em causa a qualidade dos resultados.

PARCEIROS

Parceiros

© Instituto Nacional de Estatistica da Guine-Bissau 1991-2020